17 de novembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Ser Do Bem
Sexta-feira
22/08/2018 | 09h10
Entidades se reúnem em prol de pessoas com deficiência
Evento conta com artesanatos, serviços de saúde, orientações jurídicas e apresentações culturais

Da Redação

Acontece nesta sexta-feira (24), a II Feira Cultural Social das Entidades de Pessoas com Deficiência de Goiás. O evento será das 10h às 19h, no estacionamento principal do Shopping Cerrado, e contará com exposição e comercialização de artesanatos produzidos por frequentadores das 11 instituições de apoio participantes, além de orientações jurídicas, serviços de saúde e apresentações culturais. 

A atividade, que é gratuita e aberta ao público, faz parte das comemorações da Semana Nacional da Pessoa com Deficiência Intelectual e Múltipla, que acontece entre 21 e 28 de agosto. O público terá acesso a diferentes serviços de saúde, como aferição de pressão arterial e orientações sobre educação postural, descarte de medicamentos, desperdícios alimentares e saúde, de forma geral, coordenados pelos cursos de enfermagem, fisioterapia, farmácia e nutrição da Faculdade Estácio de Goiânia e pelas Ligas da Mama e Neurociência.

A feira tem apoio da Prefeitura de Goiânia, por meio da Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Políticas Afirmativas (SMDHPA), e da Ordem dos Advogados do Brasil - Seção de Goiás (OAB-GO). Juntas as instituições fornecerão orientações sobre os direitos das pessoas com deficiência. A programação contará, ainda, com área de alimentação para comercialização de comidas típicas e apresentações artísticas e culturais, como danças de cadeira de rodas, teatros, apresentações musicais, capoeiras inclusivas e show da cantora, compositora e tecladista Fabrícia Eges.

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)