17 de novembro de 2018 - sábado

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Política
Governo
26/08/2018 | 17h15
Pesquisa Directa/O Hoje aponta aprovação de 51,3% de Zé Eliton
Levantamento estimulado aponta avaliação positiva da gestão administrativa do Governo de Goiás

Lucas de Godoi

A gestão do governador José Eliton (PSDB) é aprovada pela maioria dos goianos, de acordo com levantamento encomendado ao Instituto Directa pelo jornal O Hoje, divulgado neste sábado (25). A pesquisa indicou que 51,30% dos cidadãos consideram que o Governo está sendo conduzido de maneira correta por Eliton, sendo que 22,20% o consideram ruim ou péssimo.

A aprovação do governador é parecida com a gestão do ex-governador Marconi Perillo. Em levantamento de dezembro de 2017, do mesmo Instituto mostrou que 51,10% dos entrevistados se diziam satisfeitos com o governo Marconi. Os números ainda apontam que 20,30% avaliam o governo de Eliton como regular negativo. 

Senado

A nova pesquisa Directa/O Hoje confirma a liderança de Marconi Perillo e Lúcia Vânia ao Senado Federal. Todas as pesquisas anteriores os colocam como favoritos na corrida eleitoral. No levantamento estimulado, Marconi e Lúcia garantem, respectivamente, 26,10% e 19,8% das intenções de voto. Jorge Kajuru aparece em terceiro lugar, com 17,20% e Vanderlan Cardoso pontua 12,10%.

A pesquisa estimulada, realizada entre os dias 19 e 24 de agosto ouviu mil eleitores de todas as regiões administrativas do estado. A pesquisa Directa foi contratada pelo jornal O Hoje com apoio da rádio Jovem Pan e registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o protocolo 02027/2018.

 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)