21 de setembro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Mulheres
Executivo
10/08/2018 | 17h00
Mulheres ainda são minorias em cargos de alta gerência
O levantamento aponta que cerca de 15% dos líderes ouvidos são mulheres

No Brasil, cerca de 12% altos cargos, são ocupados por mulheres. (Foto: Reprodução)

Da Redação 

Um estudo produzido pela Hays Executive, que ouviu 480 executivos em cargos de alta gerência em empresas latino-americanas, constatou que mulheres em cargo de alta gerência não é uma realidade nos países da América Latina. O levantamento aponta que cerca de 15% dos líderes ouvidos são mulheres.

Segundo a análise, o México é o país com menos mulheres ocupando alta liderança, com cerca de 11% dos cargos ocupados por elas. Em seguida, vem o Brasil, com apenas 12% dos altos cargos ocupados por mulheres. 

Para Fernanda Siqueira, diretora de uma executiva, a diversidade de gênero ainda é uma questão importante a ser discutida no universo corporativo. "Embora existam discussões sobre o tema, os números mostram que muitas empresas não ultrapassam a barreira do discuso", informa. 

Outro problema que ainda precisa ser discutido, é a demora que as mulheres tem para serem reconhecidas neste universo. Segundo a pesquisa, 55% das mulheres em cargos nível 1 têm idade entre 51 e 60 anos, sendo que a maioria dos homens que ocupam este cargo tem entre 41 e 50 anos.  

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)