23 de maio de 2019 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
apito final
16-04-2019 | 23h30
Marco Goiano define arbitragem de jogo contra o Vila Nova como "vergonhosa"
Apesar da derrota, camisa 10 da equipe visitante ainda sonha com classificação

Foto: Felipe André / O Hoje

Felipe André

A vitória do Vila Nova por 2 a 0 sobre o Bragantino-PA na noite desta terça-feira (16) no Estádio Olímpico, em Goiânia não foi bem aceita pelos jogadores da equipe paraense. A partida que foi válida pela terceira fase da Copa do Brasil, terá o segundo jogo disputado neste sábado (20) no Estádio Mangueirão, em Belém. Com o apito final do jogo, o camisa 10 do clube visitante Marco Goiano tratou de reclamar do árbitro Caio Max Augusto Vieira.

"Eu vou falar por mim, o primeiro pênalti eu não vi, mas depois desse lance teve um pênalti que ele não marcou para a gente. Se ele marca e tem o empate, o jogo era outro e poderia levar a vantagem para Belém e não esse 2 a 0. Mas agora é esfriar a cabeça, temos time para reverter isso e vamos trabalhar ao longo da semana para corrigir os erros", disse Marco Goiano.

O primeiro pênalti foi o maior alvo de reclamações. Aos 6 minutos da primeira etapa após cruzamento no lado esquerdo de ataque colorado, Danilo foi puxado e caiu no gramado, Caio Max marcou a penalidade. Para os jogadores do Bragantino-PA a penalidade não aconteceu e Marco Goiano definiu a atuação do árbitro como "vergonhosa".

"Estavamos com uma proposta de jogo, mas o resultado não veio. Vergonhosa a arbitragem, os caras têm que respeitar. Não é porque é o Bragantino, clube de série D, que pode fazer isso. São 11 profissionais aqui. Tem que respeitar. Vergonhoso", frisou o camisa 10 do Bragantino-PA.

Com o resultado, o Bragantino-PA precisa vencer por dois gols de diferença para levar a decisão da vaga para os pênaltis, o Vila Nova pode perder por até um gol que avança para a quarta fase. O classificado terá como adversário o Juventude.

(62) 3095-8700