24 de abril de 2019 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Esporte
22-03-2019 | 06h00
Goianão tem jogos definidos para quartas
Na primeira fase de mata-mata da edição desta temporada, chaveamento fez com que não houvessem clássicos goianienses

*Luiz Felipe Mendes

A primeira fase do Campeonato Goiano de 2019 está concluída. Goiás, Atlético, Goianésia, CRAC, Vila Nova, Goiânia, Anapolina e Aparecidense, nesta ordem, se classificaram para as quartas de final, enquanto Itumbiara e Novo Horizonte foram rebaixados à Divisão de Acesso. Grêmio Anápolis e Iporá não conseguiram avançar, mas se mantiveram na elite estadual. Confira abaixo o resumo da etapa de grupos e a expectativa para as eliminatórias.

A atual edição do Goianão foi dividida em dois grupos de seis times. Na primeira fase, as equipes enfrentavam apenas aquelas que não pertenciam às suas próprias chaves. Porém, a tabela de classificação era unificada – os oito clubes de melhor campanha ganhavam vaga para as quartas. O Goiás, com um total de 31 pontos, foi o melhor deles. Dono de dez vitórias, um empate e apenas uma derrota, o esmeraldino teve um aproveitamento de 86,1%, com 21 gols marcados e sete sofridos. O seu confronto será com a Aparecidense, que se classificou literalmente nos últimos instantes; só conseguiu a vaga porque o Itumbiara arrancou um empate do Grêmio Anápolis. Com quatro triunfos, duas igualdades e seis revezes, o Camaleão tenta surpreender o alviverde. O jogo de ida será neste domingo, no Estádio Anníbal Batista de Toledo.

O Atlético foi outro que fez uma excelente campanha na primeira etapa do Goiano. Com 28 pontos, ele foi o único time a ganhar do Goiás na temporada, emplacando nove vitórias no total dentro do estadual, um empate e duas derrotas. O aproveitamento de 77,8% credencia o Dragão como um dos favoritos ao título. Em boa fase, com cinco triunfos seguidos, o rubro-negro vai se encontrar com a Anapolina na próxima fase. A Rubra, a qual finalizou a fase de grupos com 15 pontos (quatro vitórias, três empates e cinco derrotas), não está em sua melhor fase, mas é sempre um adversário complicado. A partida de ida entre os dois acontece amanhã, no Jonas Duarte. Voltando para os duelos de domingo, o Goianésia (20 pontos, seis vitórias, dois empates e quatro derrotas) surge como uma das surpresas do torneio, e vai pegar o Goiânia (16 pontos, cinco vitórias, um empate e seis derrotas), de volta ao mata-mata. O primeiro embate ocorre no Estádio Olímpico.

Para encerrar, o Vila Nova vai decidir fora de casa contra o CRAC. A campanha colorada foi de 19 pontos (cinco vitórias, quatro empates e três derrotas) e o momento não é dos melhores, pois o grupo conseguiu apenas um resultado positivo nos últimos cinco compromissos. O CRAC (20 pontos, seis vitórias, dois empates e quatro derrotas), apesar do revés na última rodada, vem mostrando solidez e pode dar trabalho. Amanhã, eles se enfrentam no Olímpico. Curiosamente, nenhuma das equipes da capital vai travar um clássico nas quartas de final. Se todas conseguirem avançar, porém, as semifinais seriam compostas apenas por jogos do tipo, trazendo um elemento interessante para a continuidade do campeonato. Os clubes do interior, porém, não estão para brincadeira, e podem muito bem mostrar sua força a partir deste fim de semana de muito futebol. 

(62) 3095-8700