26 de maio de 2019 - domingo

Euro R$ {{cotacao.EUR.valor | number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Copa do Brasil
18-02-2019 | 16h40
STJD suspende vitória da Aparecidense sobre a Ponte Preta
Com alegação de interferência externa, Macaca consegue congelar momentaneamente o triunfo do Camaleão

Luiz Felipe Mendes

Como costuma acontecer no futebol brasileiro de tempos em tempos, uma nova novela despontou nos bastidores. A vitória polêmica da Aparecidense na Copa do Brasil, a qual eliminou a Ponte Preta do torneio, pode ter uma reviravolta. A Macaca foi até o STJD, alegando interferência externa, e a entidade suspendeu o resultado que classificou os goianos. O julgamento do caso ainda não tem data marcada.

Para quem não se lembra o que aconteceu, vamos recapitular. Em jogo único pela primeira fase, a Aparecidense precisa vencer para avançar. Abriu o placar e se fechou, impedindo as ações da Ponte Preta. Porém, aos 44 minutos do segundo tempo, Hugo Cabral balançou as redes, e o árbitro validou. A confusão, no entanto, começou a partir do momento em que o juiz voltou atrás na sua decisão, por causa de um impedimento na jogada. Os jogadores reclamaram e o clube foi ao STJD para alegar interferência externa do delegado Adalberto Grecco e o auxiliar Samuel Oliveira da Costa e pedir a impugnação da partida. O resultado foi suspenso temporariamente e um julgamento vai definir se o duelo será jogado novamente ou se a vitória do Camaleão será mantida. O embate contra o Bragantino-PA, pela segunda fase da Copa do Brasil, deve ser adiado, ele que estava marcado para 27 de fevereiro.

(62) 3095-8700