17 de dezembro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Evolução
06/09/2018 | 06h00
Goiás se consolida na Série B, mas quer sair do rebaixamento
Embora tenha se firmado no G-4 da segunda divisão nacional, o esmeraldino não pode se acomodar se quiser retornar à Série A

Luiz Felipe Mendes*

Agora vai? Quando o técnico Ney Franco assumiu o time do Goiás, o objetivo era fugir da zona de rebaixamento. A equipe evoluiu mais rápido do que o esperado e com o tempo a obsessão pelo G-4 começou a surgir. Agora, dentro da zona do acesso para a Série A, o alviverde se consolidou como um forte candidato a subir para a primeira divisão do ano que vem. Contudo, não é mais permitido tropeçar em jogos importantes.

O próximo confronto do esmeraldino na Série B acontece amanhã diante do Boa Esporte, lanterna do campeonato, em Varginha. É o tipo de partida em que não se pode desperdiçar pontos, pois uma vitória pode alavancar o clube para a segunda posição, ainda mais porque o CSA, atual vice-líder, visita o Figueirense, sexto colocado, fora de casa – um jogo em tese muito mais complicado. Além disso, um triunfo pode aproximar o Goiás também do líder Fortaleza, que enfrenta o Criciúma no sábado, fora de seus domínios.

No momento, o alviverde goiano está em terceiro com 42 pontos, um a menos que o CSA. Na ponta da tabela de classificação, o Leão de Pici soma 47, cinco a mais que o esmeraldino. O time treinado por Rogério Ceni ficou apenas no empate contra o Figueira na última terça-feira, e um novo tropeço pode dar a chance para o Goiás se aproximar ainda mais deles. Entretanto, é preciso olhar para frente sem se esquecer de quem vem atrás, porque na edição deste ano muitos times estão brigando por uma vaga na elite.

O Avaí, em quarto, está com os mesmos 42 pontos do Goiás. O Atlético, na porta do G-4, acumula 40. Com isso, se o time da Serrinha pelo menos empatar na 26ª rodada não poderá ser removido do grupo dos quatro primeiros, ainda que, obviamente, o resultado não seja o ideal. Em caso de derrota, o Dragão poderia ultrapassar seu rival se vencer o Oeste na Arena Barueri, em um duelo marcado também para amanhã, no mesmo horário: 16 horas. Ainda analisando este panorama, Figueirense, Guarani, Vila Nova e Coritiba poderiam se aproximar se adquirirem placares positivos.

O fato é de que os três pontos conquistados diante do Guarani no Brinco de Ouro foram essenciais para que Ney Franco e seu plantel tenham mais tranquilidade para trabalhar. Após o confronto com o Boa Esporte, o compromisso seguinte não será nada fácil – o adversário será o Atlético, em clássico a ser sediado no Estádio Olímpico, numa briga não só atraente pelo fato de se tratar de duas equipes do mesmo estado, mas porque elas estão com a mesma missão na temporada. (Especial para O Hoje)

Atacante Thiago Santos pode estrear no Dragão

 Para fazer com que o plantel tenha mais opções para os momentos cruciais na Série B, a diretoria do Atlético foi atrás de uma reposição para a vaga deixada pelo artilheiro Júnior Brandão no setor ofensivo. Depois de dias de interesse, o clube trouxe o atacante Thiago Santos, de 28 anos, que já participou de treinamentos com o restante dos atletas. Agora, o jogador ganhou sinal verde para estrear com a camisa rubro-negra.

Fazendo uma recapitulação, Thiago Santos foi revelado pelo Sergipe, mas ganhou nome ao passar pelas categorias de base do Internacional. Defender o Canoas, Confiança, Rio Branco-SP, Bragantino, Sampaio Corrêa e Linense antes de se transferir para o Paraná na intenção de ajudar a equipe na Série A do Campeonato Brasileiro. Todavia, não conseguiu se firmar, atrapalhado também por lesões, e despertou o interesse do Dragão para a sequência da competição de pontos corridos.

Além de ter perdido Júnior Brandão, vendido para o futebol da Bulgária, até então quem mais balançou as redes na Série B pelo Atlético, o clube se desfez também do atacante Wesley Natã, o qual já retornou à Chapecoense após não marcar gols em 20 partidas jogadas. Por isso, a chegada de Thiago Santos é vista com olhos mais otimistas, contanto que ele corresponda às expectativas. E a primeira impressão pode ser conseguida durante a tarde de amanhã, em Barueri.

O próximo adversário atleticano é o Oeste, nesta sexta-feira de feriado. Thiago Santos foi regularizado e pode entrar em campo para auxiliar o time liderado pelo técnico Cláudio Tencati, mas não deve ser escalado como titular. Nos últimos jogos, os escolhidos estão sendo Júlio César, André Luís e Renato Kayzer, e por isso Thiago Santos espera ter boas atuações para buscar um espaço no ataque rubro-negro. Atualmente, o Dragão ocupa a quinta posição na tabela da Série B, com 40 pontos, a dois do G-4.

 

 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)