21 de setembro de 2018 - sexta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Série B
03/09/2018 | 06h00
Atlético trabalha para se recuperar rápido após derrota
O próximo embate, no entanto, promete ser complicado - contra a Ponte Preta, também na briga por uma vaga no pelotão de cima

A goleada diante do Londrina, ex-clube do treinador rubro-negro Cláudio Tencati, custou caro para o Atlético. O time, que havia acabado de recuperar seu posto no G-4, voltou a cair na tabela de classificação e agora vai precisar correr atrás do prejuízo para que o dano seja revertido e transformado em reação. O próximo embate, no entanto, promete ser complicado - contra a Ponte Preta, também na briga por uma vaga no pelotão de cima.

A confiança abalada pode ser um problema para a sequência da competição. Contudo, um fato interessante vem marcando a trajetória recente do Dragão. Nas últimas duas derrotas, a equipe da capital do estado se recuperou logo em seguida, vencendo o Paysandu após perder para o São Bento e batendo o CRB depois de sofrer um revés para o Guarani, ambos por 1 a 0. Além disso, existe outro elemento que pode fazer a diferença amanhã no encontro com a Macaca: o Estádio Antônio Accioly, reinaugurado no dia 18 de agosto depois de anos de reformas.

Desde que voltou às atividades, o Accioly recebeu duas partidas do Atlético na Série B. Nas duas o mandante triunfou pelo placar mínimo, primeiro contra o Coritiba, depois contra o CRB. Ainda que tenham sido somente dois duelos, o local pode fazer a diferença entre um resultado positivo e um negativo. Na sétima posição, o Dragão pode retomar seu lugar no G-4 dependendo de uma combinação de resultados. Todavia, é imprescindível ir em busca da vitória amanhã, a partir das 19h15. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)