18 de setembro de 2018 - terça-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Negociação
13/04/2018 | 06h00
Vila aguarda Fortaleza por situação de Alan Mineiro
Destaque alvirrubro em 2017 ainda não sabe aonde jogará no andamento desta temporada

Foto: Agência Futebol Interior

*Luiz Felipe Mendes

Amanhã, o Vila Nova já estreia no Brasileiro da Série B. Por um lado, a comissão técnica e os jogadores estão totalmente focados na primeira rodada do campeonato, onde vão enfrentar o Avaí. Em contrapartida, a diretoria vilanovense segue tentando reforçar o elenco, e o principal alvo do momento é o meia Alan Mineiro. O presidente do clube, Ecival Martins, falou sobre o assunto.

“Todos os dias o torcedor me aborda e pergunta sobre essa situação. O que o Vila Nova poderia fazer já foi feito. Respeitamos o Fortaleza, tenho um bom relacionamento com o presidente. A situação agora envolve o clube (Fortaleza) e o atleta, não vamos nos meter”, esclareceu o dirigente, que está interessado na contratação de Alan Mineiro há vários dias.

A situação é a seguinte: o meio campista de 30 anos foi um dos principais destaques do alvirrubro no ano passado, mas ao fim da temporada se transferiu para o Fortaleza, em contrato até o fim de 2018. Agora, sem ter oportunidades, Alan Mineiro despertou o desejo do Tigre. Entretanto, o Tricolor ainda não se posicionou oficialmente sobre o tema. “Para nós, está em ‘stand by’, mas nós temos um limite”, concluiu Ecival Martins.

Para o meio-campo, o Vila Nova contratou Joãozinho e Elias após o término do Goianão, além de outros oito jogadores de diferentes posições. O foco da equipe para o resto da temporada está totalmente na Série B, e o primeiro de 38 passos será dado no Serra Dourada na tarde de amanhã. (*Luiz Felipe Mendes é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje)

Tópicos:  vila nova,   fortaleza,   alan mineiro

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)