19 de setembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Goianão
05/04/2018 | 17h17
Marcelo Rangel destaca a força da Aparecidense
Goleiro alviverde espera jogo duro na final do Campeonato Goiano, e exalta a campanha do Camaleão

Rangel

Dois dias. Este é o tempo que separa o Goiás da decisão do Campeonato Goiano, contra a Aparecidense. A partida, que acontece neste domingo, no Estádio Serra Dourada, define o campeão goiano de 2018. O goleiro Marcelo Rangel, do alviverde, falou sobre o esperado confronto.

No jogo de ida da final, Goiás e Aparecidense empataram em 0 a 0. Em caso de nova igualdade no placar, o embate será decidido nos pênaltis. Para que isso aconteça, Rangel garante que a equipe está focada. “Nós estamos trabalhando para fazer um grande jogo e poder conquistar a vitória no tempo normal. Estamos preparados para todas as situações”, destacou o arqueiro alviverde, que foi peça fundamental durante o estadual.

Sobre os adversários, Rangel exaltou o Camaleão e o goleiro Busatto. “Realmente do outro lado tem um grande goleiro, que tem demonstrado isso ao longo da competição. Para mim ele foi decisivo contra o Vila, assim como eu pude dar minha contribuição na semifinal. Acho que as duas equipes sofreram o mesmo número de gols (14), e isso vai ser decisivo na final. Vamos trabalhar para chegar fortes no domingo”, finalizou.

A grande partida entre Goiás e Aparecidense começa às 16 horas deste domingo, dentro do Serra Dourada. Qualquer um que vencer o jogo, leva o título. O time da capital vai em busca do 28º título estadual de sua história, enquanto a equipe de Aparecida de Goiânia tenta a conquista inédita. (*Luiz Felipe Mendes é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje) (Foto: Rosiron Rodrigues/Goiás)

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)