14 de novembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
Confronto
18/01/2018 | 06h00
Vila estreia no Goianão contra o Iporá para acabar com jejum
De olho no título, alvirrubro recebe Iporá, no Estádio Olímpico, na conclusão da primeira rodada

*Aline Carleto


Vila Nova e Iporá dão prosseguimento à primeira rodada do Campeonato Goiano na noite de hoje. A partida acontecerá no Estádio Olímpico Pedro Ludovico Teixeira, às 19h30. Enquanto o alvirrubro da capital busca se livrar de um jejum que já dura 13 anos, o Lobo Guará busca a permanência na principal divisão da competição. A vitória significa para o Vila a chance de chegar com moral para o clássico contra o Goiás, que será no próximo domingo (21).

Para a partida de estreia, a equipe da capital treinou de portões fechados na tarde de ontem. Hemerson Maria deve apostar no esquema de jogo com três atacantes, sendo eles: Keké, Ramón e Reis. Para fazer a bola chegar até o ataque, a aposta do técnico será o jovem meia-campista Dudu, de 20 anos. O jogador passou a ser opção depois da saída de Sérgio Mota, que aceitou proposta do futebol chinês sem ao menos ter estreado no Vila Nova.

A jovialidade está presente não apenas no meio- campo vilanovense. Para o gol, o time apostará no prata da casa Gabriel, de 20 anos. O atleta treina desde o início da temporada com o elenco e conquistou a confiança de Hemerson Maria. Apesar de ser seu terceiro jogo como profissional, o jogador se mostrou confiante para assumir a camisa 1 colorada.

Com poucas contratações e sem ter realizado nenhum jogo amistoso nesta pré-temporada, o alvirrubro espera fazer uma boa campanha no Goianão. Para isso, contará com a experiência do técnico, que tem à disposição um modesto elenco. Apesar dos contras, Ecival Martins garantiu que direção, jogadores e comissão técnica estão motivados. “Vamos entrar mais estruturados como time e seguros no campeonato”, falou o presidente do clube.


Iporá

O adversário do Vila Nova está disputando a primeira divisão do Estadual pela segunda vez. Em 2017, o Lobo Guará conseguiu fazer um bom campeonato e se manteve na principal divisão da competição ocupando a 5ª colocação. A equipe aposta na experiência do meia-esquerda Elias para vencer o alvirrubro da capital, fora de casa, logo na primeira partida do Goianão. (*Aline Carleto é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje) 


Ficha técnica 

Jogo: Vila Nova x Iporá

Local: Estádio Olímpico Pedro Ludovico, às 19h30, em Goiânia. Árbitro: André Luiz Castro. Assistentes: Fabrício Vilarinho (Fifa) e Alexandre Amaral


Vila Nova: Gabriel; Maguinho, Diego Giaretta, Brunão e Anderson Luís; Fagner, Dudu e Geovane; Keké, Ramón e Reis

Técnico: Hemerson Maria


Iporá: Cleriston; André Krobel, Helder, Diego e Danilo Ribeiro; Júnior Capixaba, Rodrigo Alves, Adrian, Bosco e Elias; Júnior Brandão

Técnico: Everton Goiano 


Anápolis e Rio Verde jogam para afastar campanha de 2017

No ano passado, Anápolis e Rio Verde quase foram rebaixados para a segunda divisão do Goianão. Os dois times terminaram o campeonato na sétima e oitava posições, respectivamente, à frente apenas de Goianésia e Crac, que acabaram confirmando o descenso. Em busca de um Estadual melhor, os dois estreiam hoje na edição 2018 jogando um contra o outro, no Estádio Jonas Duarte, às 20h30, em Anápolis.

Campeão em 1965 e vice-colocado em 2016, o Anápolis planeja fazer bonito neste ano e fazer jus ao título de “primeiro campeão do interior”. O Rio Verde, por sua vez, quer espantar a má campanha de 2017 e evoluir na competição, e para isso vai contar com a ajuda do atacante Jean, ex-Flamengo e Vasco.

O Anápolis está no Grupo B, também formado por Aparecidense, Grêmio Anápolis, Itumbiara e Vila Nova, enquanto o Rio Verde está no Grupo A, ao lado de Anapolina, Atlético, Goiás e Iporá. Os dois melhores de cada chave avançam às semifinais do campeonato. (Luiz Felipe é integrante do programa de estágio do jornal O Hoje) 


Ficha técnica 

Jogo: Anápolis x Rio Verde

Local: Estádio Jonas Duarte, às 20h30, em Anápolis. Árbitro: Jefferson Ferreira. Assistentes: Leone Carvalho e Tiego dos Santos


Anápolis: Éder; Neilson, Diego Macedo, Robson e Paulo Vitor; Leandro Bulhões, Everton Luís e Gleyson; Laionel, Schwenck e Daisson

Técnico: Karmino Colombini


Rio Verde: Fernando Pompeu; Baroni, Anderson, Ricardo Lucena e Jeanzinho; Peu, Cláudio, Rangel e Vitinho; Bruninho e Jean

Técnico: Jorge Luiz 

Tópicos:  Vila nova,   Goianão,   Iporá,   Confronto

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)