21 de novembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Esporte
De olho no G-4
23/10/2017 | 13h15
Vila Nova já está em Curitiba para enfrentar o Paraná
Delegação viajou para Curitiba na manhã de domingo (22) para novo confronto decisivo na Série B

Depois de ter empatado sem gols com o Oeste no Serra Dourada, o elenco do Vila Nova antecipou a viagem para Curitiba. A equipe enfrentará o Paraná na terça-feira (24), às 21h30, para tentar voltar ao G-4 da competição. Em caso de vitória, o Colorado volta a compor o grupo de times que vão jogar a Série A em 2018. Os paranaenses ocupam a 4ª colocação com 53 pontos, enquanto o Vila é o 5º colocado com 51.

Com o intuito de minimizar o desgaste físico, a comissão técnica do Tigrão antecipou a ida para o Sul do país. O time irá treinar na tarde de hoje (23) no CT do Coritiba, e deve retornar para Goiânia no início da tarde de quarta-feira.

O técnico Hemerson Maria aposta que o adversário jogará pressionado pela torcida e pela necessidade de vitória. Ele acredita que isso pode ser positivo para o Vila Nova, já que joga fora de casa, sem pressão.

Para o confronto, o Tigrão vai precisar se ajustar aos desfalques. O zagueiro Alemão recebeu o terceiro cartão amarelo e está suspenso. No entanto, Wesley Matos, que cumpriu suspensão no jogo passado, volta a compor a defesa, e deve jogar ao lado de Bruno Prado. O time ainda é indefinido no ataque e pode ter mudanças. No último jogo, Moisés, Wallyson e Tiago Adan entraram no segundo tempo. Assim, pode ser que entrem de titulares na partida em Curitiba.

Foto: Reprodução/TV Anhanguera 

Tópicos:  Série B,   Decisão,   Grupo de Acesso

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)