19 de setembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Economia
Desenvolvimento
03/09/2018 | 17h08
Caramuru anuncia investimento de 40 milhões para produção goiana
O secretário de Desenvolvimento Leandro Ribeiro aplaudiu o anúncio da Caramuru e disse que, nos últimos dias, Goiás tem consolidado diversos investimentos no setor produtivo o que garante mais fomento

Caramuru vai verticalizar produção em Ipameri (Foto: Reprodução)

Eduardo Marques

A Caramuru Alimentos anuncia investimento de R$ 40 milhões para a construção da unidade de Ipameri, no Sudeste do Estado. O presidente da empresa, Alberto Borges, explicou que no prazo máximo de 9 meses a empresa entrará em produção. 

Serão 150 toneladas de glicerina loira por dia que vão resultar em 108 toneladas de glicerina bidestilada (grau farmacêutico) por dia e 15 toneladas de sal mineral.

O secretário de Desenvolvimento Leandro Ribeiro aplaudiu o anúncio da Caramuru e disse que, nos últimos dias, Goiás tem consolidado diversos investimentos no setor produtivo. 

Ele lembrou também que na semana passada o grupo Mosaic Fertilizantes, o líder mundial no setor, veio até ao governador José Eliton anunciar a consolidação dos negócios em Goiás, no município de Catalão, onde vão investir R$ 128 milhões até o próximo ano. “Esses são os resultados de nossos esforços na atração de investimentos e prospecção de novos negócios para Goiás”, destacou o Secretário.

De acordo com Alberto Borges, a produção de biodiesel cresceu muito no Brasil. Apenas em Goiás são quatro unidades que garantem 12,4% do total da produção nacional. Por isso, a Caramuru decidiu verticalizar a produção do biodiesel, e com investimentos em tecnologia e inovação, vai produzir esta substância largamente usada pela indústria farmacêutica.

A empresa

Na unidade de Ipameri, além do processamento de grãos, tem a unidade de biodiesel e agora está construindo a indústria de glicerina para indústria farmacêutica. No Brasil, é o maior grupo de processamento de grãos e está presente com parques fabris no Paraná, Mato Grosso, São Paulo e além de Goiás e garante o emprego a 2.600 trabalhadores.

O grupo Caramuru foi fundado em 1964 por Múcio de Souza Rezende, na cidade de Maringá, no Paraná, e atualmente pertence à família Borges de Souza. A empresa iniciou sua produção de biodiesel em 2006, com uma unidade em São Simão. Em 2010, iniciou o processo produtivo em Ipameri que agora passará pela verticalização, fabricando a glicerina bidestilada.

 

Tópicos:  caramuru,   ipameri,   investimento

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)