19 de setembro de 2018 - quarta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Eleições 2018
04/09/2018 | 06h00
Resultado do IDEB confirma trunfo político de Raquel Teixeira
O balanço mostra que a rede goiana está primeiro lugar na comparação com outros estados

Com boa aprovação entre os servidores da Educação, a ex-secretária e candidata a vice-governadora na chapa de José Eliton (PSDB), Raquel Teixeira, comemorou o resultado do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). O balanço mostra que a rede goiana está primeiro lugar na comparação com outros estados. “Somos a rede pública estadual que mais avançou”, disse. Dados do Ministério da Educação apontam que a rede pública estadual goiana é líder nacional do Ideb no Ensino Médio e no Ensino Fundamental II. No Ensino Fundamental I, ficou na 2ª colocação. Goiás também cumpriu todas as metas de crescimento estabelecidas. Segundo o MEC, a nota alcançada por Goiás no Ensino Médio foi 4,3, superando a projeção do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), que era 4,2. O resultado volta a valorizar a presença da ex-deputada federal na chapa majoritária do governo. “Estou muito feliz e grata a cada coordenador, diretor, professor e aluno que são responsáveis por esses resultados nacionais espetaculares”. 

Mais números

A ex-secretária ainda celebra os resultados do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) em 2017, em que Goiás lidera o ranking de aprendizado nacional. “Estou com muito orgulho de todos que fazem parte da rede”, agradeceu a ex-secretária.

Saldo nacional

Ainda no Ideb, o Ensino Fundamental II, teve média 5,2 (0,4 a mais que o estipulado), e no Ensino Fundamental I Goiás apresenta crescimento de um ponto. O Inep apresentou meta de 5,6, mas a rede estadual goiana fez 6,6. 

No bolso

A Justiça determinou que a Saneago suspenda a cobrança da tarifa de esgoto dos consumidores de Goiânia por ineficiência do serviço prestado pela Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Hélio Seixo de Brito. 

Ação

A decisão acata pedido do Ministério Público em ação civil pública que descreve que a ETE vem lançando dejetos em águas sujeitas à captação, o que, além de causar sérios danos ambientais e à saúde da população, não é devidamente informado aos usuários.

Tem punição

Caso a empresa descumpra a decisão, poderá ser multada em R$ 1 milhão por dia. O magistrado Luciano Borges da Silva diz na decisão que o rigor na fixação da multa é decorrência da grande arrecadação que a estatal tem com a cobrança da tarifa.

Greve fake 

Não passam de boato as considerações sobre possível nova paralisação dos caminhoneiros no Brasil. Apesar a crescente insatisfação da categoria, a suposta, que circulou nas redes sócias, não é cogitada

Serviço

O transporte público de Goiânia passará a contar com seis novas linhas de ônibus, sendo que a primeira já será lançada nesta terça-feira pelo prefeito Iris Rezende. 

Detalhes

De acordo com a gestão municipal, a linha 933, que passa a circular hoje, vai ligar a região Noroeste ao Campus Samambaia da UFG. As demais linhas estarão ativas até o dia 31 de outubro, segundo a prefeitura.  

Bola fora 

O candidato à presidência da República, deputado federal Jair Bolsonaro (PSL), terá que se defender de acusação por crimes de injúria eleitoral e incitação ao crime, depois da – no mínimo – questionável ação de campanha no Acre, no fim de semana. Isso porque a coligação “O Povo Feliz de Novo” (PT/PCdoB/Pros) entrou com uma representação no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o candidato e a coligação de PSL e PRTB por crime de ameaça. A representação do PT contra Bolsonaro se baseia em discurso proferido pelo militar durante evento em que Bolsonaro afirmou, fingindo atirar: “Vamos fuzilar a petralhada aqui do Acre. Vamos botar esses picaretas pra correr do Acre. Já que eles gostam tanto da Venezuela, essa turma tem que ir pra lá. Só que lá não tem nem mortadela galera, vão ter que comer é capim mesmo”. O Acre é governado pelo PT desde 1999. O caso seria de crime eleitoral “de injúria em detrimento de todos os eleitores que de algum modo são identificados como ‘esquerda’, além de ameaça e incitação ao homicídio”. 

Curtas 

Crime público  –  Para o PT, a situação é ainda agravada pelo fato de o episódio ter ocorrido na "presença de várias pessoas, o que facilita a divulgação destas ofensas".

Conciliação –  Os candidatos Daniel Vilela (MDB) e Ronaldo Caiado (DEM) tiram hoje a agenda para, também, comparecer à sessões no Congresso Nacional.

Expediente – O governador José Eliton (PSDB) segue conciliando agenda administrativa com a campanha. Estará hoje em Rialma e Jaraguá, depois das 18h. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208