20 de setembro de 2018 - quinta-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Rubens Salomão
13/06/2018 | 06h00
Operação investiga fraudes na concessão de registros sindicais
A avaliação é do secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela (PSDB), que busca já mostrar resultados positivos das medidas apresentadas há pouco mais de um mês no programa “Mais Saúde”

Os constantes problemas encarados na área da Saúde, como filas que demoram meses para realizar procedimentos básicos e cirurgias eletivas e falta de estrutura em hospitais regionais pelo estado não causarão desgastes políticos para o governador José Eliton (PSDB) na campanha à reeleição, a partir de agosto. A avaliação é do secretário estadual de Saúde, Leonardo Vilela (PSDB), que busca já mostrar resultados positivos das medidas apresentadas há pouco mais de um mês no programa “Mais Saúde”. “De forma alguma a Saúde será algo negativo para o governador na eleição. Os hospitais estaduais têm mais de 90% de aprovação dos usuários. O usuário está satisfeito com o sistema público estadual”, alega o auxiliar. O próprio governador tem tratado abertamente dos problemas do setor desde o primeiro discurso na cerimônia de posse. “Por outro lado, o programa terceiro turno tem tido uma aceitação enorme, com mais serviços à população. Não tenho dúvidas de que um dos fatores que impulsiona o nome de José Eliton é a Saúde”, avalia Vilela.

Ao voto

O secretário confirma as divergências com a prefeitura de Goiânia quanto ao sistema de regulação de vagas de UTI e confirma que, sem necessidade de projeto de Lei à Assembleia Legislativa, o estado vai assumir a responsabilidade.

Cobranças

“Isso é legal, acontece na maioria dos estados e os hospitais estaduais não atendem só Goiânia. Vamos conversar com as prefeituras e Goiânia representa apenas um voto. O sistema na Capital não tem transparência e vamos mudar isso”, define Leonardo.

Maioria não vê rombo

Apesar da desistência do governo em aprovar a reforma da Previdência antes das eleições de outubro, eleitores apontam que o tema não deve sair do radar no debate eleitoral até outubro. Pesquisa encomendada pela Federação Nacional de Previdência Privada (FenaPrevi) ao Instituto Ipsos aponta que 43% dos brasileiros dizem que será necessário fazer uma reforma da Previdência no futuro e 49% acreditam que o assunto deve ser tratado pelo novo presidente. A maioria (51%), no entanto, avalia que o sistema previdenciário brasileiro é sustentável e apenas 28% consideram que o modelo vigente não se sustenta ao longo do tempo. Outros 21% não têm opinião formada sobre o assunto. O Ipsos ouviu 1.200 pessoal, com idades entre 16 e 60 anos, de 72 municípios durante o mês de abril. A margem de erro é de três pontos percentuais. A avaliação de que o sistema é viável contradiz o discurso repetido pelo presidente Michel Temer (MDB) e seus principais aliados, com destaque ao ex-ministro da Fazenda e pré-candidato ao Planalto, Henrique Meirelles.

CURTAS

Internacional – A PUC Goiás e a Universidade Saint Paul de Ottawa, no Canadá, assinaram ontem acordo de cooperação acadêmica para intercâmbio de estudantes.

Para tudo – A Guarda Civil Metropolitana realiza hoje paralisação de quase todas as viaturas que atendem Goiânia e cidades vizinhas.

Manifestação – A categoria exige pagamento da data base, progressões horizontais e verticais, piso dos professores e auxiliares da Educação, além de melhorias no Imas.

Tramitação

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara Municipal de Goiânia deve votar, hoje o relatório da vereadora Priscilla Tejota (PSD) sobre o projeto que regulamenta a carreira do procurador do município.

Divergência

Após sete meses de tramitação, o texto chegou ao plenário da Casa de Leis, mas voltou à comissão por articulação da base aliada ao prefeito Iris Rezende (MDB). Emendas de Lucas Kitão (PSL) e Vinícius Cirqueira (PROS) devem ser votadas em separado.

Plano de governo

A pré-candidata do PT ao governo estadual, Kátia Maria, realiza às 8h30 a divulgação do “Modelo de Gestão” que pretende apresentar na campanha eleitoral. O evento ocorre no diretório estadual do partido, no Setor Sul, em Goiânia.

Ao campo

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) abriu chamada para compra de produtos da agricultura familiar em nível nacional. São mais de 1,9 mil toneladas de produtos que deverão compor as cestas de alimentos, para distribuição.

Negócio direto

Os produtos serão adquiridos diretamente de agricultores familiares. Também estão incluídos os assentados da reforma agrária, silvicultores, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades indígenas e quilombolas.

Truco!

Apesar de algumas dificuldades fechar aliança com PP e PSD, José Eliton mandou receado: “A base aliada está unida, comprometida e convicta”, garantiu, em entrevista à Rádio Sucesso.

 
Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208