12 de novembro de 2018 - segunda-feira

Euro R$ {{cotacao.valores.EUR.valor| number:3}}    Dólar R$ {{cotacao.valores.USD.valor | number:3}}
{{tempo.cidade}}
{{tempo.previsoes[0].temperatura_min}}° MIN {{tempo.previsoes[0].temperatura_max}}° MÁX
Coluna
Xadrez
Rubens Salomão
Venceslau Pimentel
29/05/2018 | 06h00
Iris faz pente fino na folha de pagamento

Denúncias de irregularidades na folha de pagamento dos servidores da prefeitura de Goiânia levaram o prefeito Iris Rezende a determinar uma varredura, que vai da confecção até o pagamento. Entre os itens levantados pela auditoria estão o pagamento em duplicidade do 13º e de férias. Durante a prestação de contas do primeiro quadrimestre de 2018, ontem pela manhã, na Câmara de Goiânia, Iris revelou ter sido informado de possíveis fraudes na folha assim que assumiu a prefeitura, em janeiro de 2017, e que o processo se dava com a introdução de direitos inexistentes no processo de confecção da folha. “Aí eu procurei um caminho para apurar isso”. Pediu ao então governador Marconi Perillo (PSDB) que disponibilizasse à prefeitura o programa do sistema eletrônico de protocolo. Foi atendido e, com isso, conseguiu economizar R$ 10 milhões, o que equivale ao preço do software. 

Conclusão

A implantação do programa ainda está em fase de implantação e deverá ser concluída em 60 dias. Só após é que a prefeitura vai saber o tamanho do rombo por conta das fraudes introduzidas na folha do funcionalismo. 


Punição

Caso a irregularidade seja mesmo detectada, Iris Rezende garantiu que não será condescendente com quem errou e que haverá punição para os envolvidos. O assunto foi levantado pelo vereador Eduardo Prado (PV), que não descarta acionar a Polícia Civil e o Ministério Público. 


Governo aumenta vagas na Polícia Civil 

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, o tucano Francisco Oliveira (foto), recebeu a presidente do Sindicato dos Delegados de Polícia do Estado de Goiás (Sindepol), Silvana Nunes, para discutir o projeto que o ex-governador Marconi Perillo (PSDB) enviou ao Parlamento, que aumenta o número de vagas para escrivães – de 220 para 570 - e agentes da Polícia Civil – de 280 para 480 vagas. A alteração visa a realização de novos concursos públicos. “Também falamos sobre projetos para a aposentadoria da policial mulher. É uma honra imensa atuar na Assembleia para conquistar melhorias junto ao segmento e na sociedade como um todo”, comentou Oliveira. Relatada pelo deputado Henrique Arantes (PTB), a matéria está sob pedido de vista de Isaura Lemos (PCdoB), Major Araújo (PRP) e Adriana Accorsi e Luis Cesar Bueno, ambos do PT. 


Curtas

Concessão - O governador José Eliton sancionou lei em que concede direito de uso à Associação Filhos do Pai Eterno, do imóvel ao lado da Matriz de Campinas, avaliado em R$ 8,6 milhões.

Reflexo - Ao citar a cidade de Paranaiguara e região, que sofrem com o impacto do desabastecimento, em decorrência dos protestos dos caminhoneiros, o Daniel Vilela (MDB) lembra que a Câmara já votou pelo fim do PIS/Cofins no preço do diesel.

Novo cargo – Anunciado como o próximo presidente da Fieg, a partir de 2019, o ex-deputado Sandro Mabel assume novo cargo um ano após deixar a equipe do presidente Michel Temer. 


Tempo nublado

Iris Rezende foi sabatinado por pouco mais de três horas, na Câmara de Goiânia, ao prestar contas do primeiro quadrimestre deste ano. Por conta do descompasso entre receita e despesas, disse que a situação da prefeitura é de quase falência.


Apelo

Por conta desse cenário nada otimista, o prefeito fez apelo aos vereadores que retomem a discussão do projeto que enviou à Câmara, e que foi arquivado pela CCJ, que trata da modernização da Previdência Social de Goiânia. E também que desengavetem projeto que prevê parcelamento em 200 vezes da dívida com o Regime Próprio de Previdência Social (RPPS).


Comitiva

Na prestação de contas na Câmara, Iris chegou acompanhado de auxiliares, como o secretário de Finanças, Alessandro Mello; o secretário de Governo, Paulo Ortegal; Fátima Mrué, da Saúde; Anna Vitória, da Procuradoria-Geral; e Jairo da Cunha Bastos, da Administração; e Urias Júnior, da Comunicação.


Na mira

Mais uma vez a secretária Fátima Mrué foi criticada por Jorge Kajuru (PPR), Clécio Alves (MDB) e Cristina Lopes (PSDB). Mas Iris Rezende reafirmou total apoio à titular da Secretaria Municipal de Saúde.


Sala secreta

Apesar da sugestão do líder do prefeito, Tiãozinho Porto (PROS), de que a prestação de contas se desse na sala da CCJ, para evitar manifestações políticas, Iris Rezende fez questão de que a sabatina se desse no plenário. 

Tópicos:

Comentário

Comentários

Seja o primeiro a comentar

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste site. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie. Leia as perguntas mais frequentes para saber o que é impróprio ou ilegal.
(62) 3095-8700 / 3095-8722 (dp. comercial)
Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/maislidas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 167 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/blogs.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 202 Warning: file_get_contents(/var/www/html/portal/public/json/colunas.json): failed to open stream: No such file or directory in /var/www/html/portal/application/controllers/ColunaController.php on line 208